top of page

Bem-vindo ao(à) meu caminhar diário com Deus

 

Estudos, e livros sobre a Palavra viva eficaz, e eterna de Deus.

       Quando um homem tem um princípio sólido, ao longo de uma vida, baseada em experiência concreta com Deus, passa de um homem meramente comum, e torna-se um alicerce emocional, intelectual, e espiritual, não só para si mesmo, mas para toda as pessoas a sua volta, sendo um dispenseiro fiel, da vontade e propósitos de Deus.

0abdae579bdc44c28290b4656655a897.webp
495abb_3bdc9a90af464b048910228e48994918_
bible-and-a-cup-of-coffee-for-morning.jp
Faça login para conectar-se com membros
Veja e siga outros membros, deixe comentários e muito mais.

ÚLTIMAS POSTAGENS

Início: Bem-vindo

Capítulo 4: Somos salvos pela graça mediante a nossa fé em Cristo, isso não vêm de nós, é um dom de Deus.

Página 44

Desvendando o Reino Eterno:

Ao aprofundarmos nossa compreensão do reino eterno, percebemos que este se manifesta e se move através da graça e do amor transbordantes de Deus. Para expressarmos, com fidelidade, as virtudes e valores divinos, é fundamental cultivarmos profunda comunhão com o Espírito Santo, em verdade e humildade. Reconhecendo que Deus opera em tudo e em todos, concedendo-nos o querer e o realizar, somos constantemente chamados a viver em constante renovação.

Novidade de Vida em Cristo:

Essa novidade de vida se concretiza através da transformação operada pelos princípios e valores da graça divina em nosso interior. À medida que as virtudes como amor, bondade, mansidão, fé e domínio próprio se manifestam em nós, somos gradativamente moldados à imagem e semelhança da santidade de Deus.

Arrependimento Genuíno: A Porta de Entrada para a Santidade:

No caminho rumo à santidade, o verdadeiro arrependimento se revela como a porta de entrada para o processo de transformação divina. Sem ele, jamais poderemos compreender a magnitude da santidade que Deus deseja operar em nossas vidas.

Ministério da Salvação: Uma Jornada de Crescimento e Obediência:

Deus, em seu amor infinito, deseja ministrar e desenvolver em nós a plenitude da salvação. Através desse processo, aprendemos a viver conforme os padrões divinos, preestabelecidos em seus mandamentos eternos e revelados em sua santa Palavra.

Autor: Leonardo Menin, meu caminhar diário com Deus.

0 visualização0 comentário

Capítulo 4: Salvação pela Graça e Revelação do Amor Divino

Página 43

Ao aprofundarmos nosso chamado e propósito para o avanço do Reino de Deus neste mundo, desvendamos com clareza que a salvação se desenvolve através da compreensão e do posicionamento de quem somos em Cristo, e da nossa identidade no seu Reino eterno e perfeito.

Este Reino, que é a própria presença do Espírito Santo, nos torna, em espírito e em verdade, o seu santo templo, através do qual Ele expressa seu poder transformador, edificador, libertador e santificador, guiando-nos a viver a vontade de Deus.

No curso da Sua vontade, descobrimos o verdadeiro sentido da vida e do nosso propósito neste mundo: revelar o Seu amor-perfeito e imensurável por tudo e por todos.

Nessa revelação interior do Seu amor, compreendemos através da fé que a Sua graça, que excede todo o nosso entendimento, deseja conduzir-nos a uma vida plena e abundante. Através dessa vida abundante, manifestamos uma salvação plena e poderosa por meio das virtudes, dons e talentos que nos são concedidos gratuitamente em nossa nova vida em Cristo.

Nessa nova vida em Cristo, compreendemos o verdadeiro chamado para uma vida santificada por Ele, capaz de transformar toda a nossa história, moldando em nós o Seu caráter e personalidade santa.

Nessa modelagem espiritual, onde somos transformados à imagem e semelhança da Sua santidade, entendemos claramente que Ele nos amou e nos escolheu desde o princípio para revelar, mediante nós, que somos os despenseiros fiéis da Sua graça, bondade e amor.

Autor: Leonardo Pimentel Menin

1 visualização0 comentário

Capítulo 4: Somos salvos pela graça mediante a nossa fé em Cristo, isso não vêm de nós é um dom de Deus.

Página 42

A Cruz: Marco Inicial da Nova Vida

A cruz de Cristo representa o marco inicial e fundamental da nossa nova vida espiritual. Nela, o pecado foi vencido, a justiça foi restaurada e a promessa da vida eterna foi concedida. O poder do Espírito Santo, a cada momento, nos convence da realidade do pecado, da justiça divina e do juízo final.

Deus: Um Relacionamento Íntimo e Pessoal

Motivado por sua imensurável misericórdia, Deus busca incessantemente nos conduzir a um relacionamento íntimo e pessoal com Ele. Através da graça e do amor ilimitados, Ele revela nossa verdadeira identidade em Cristo, libertando-nos das amarras do passado e abrindo caminho para uma vida transformada.

Novidade de Vida: Arrependimento e Santidade

Em nossa busca incessante pelo verdadeiro arrependimento e pela santidade, Deus nos convida a viver em constante novidade de vida. Guiados pelo Espírito Santo, intérprete da graça divina, somos avivados e vivificados interiormente, experimentando a cura profunda que somente Ele pode proporcionar.

Retorno aos Valores e Princípios de Santidade

Ao retornarmos aos valores e princípios de santidade, reconhecemos o desejo de Deus em ser buscado e conhecido em sua plenitude. Através do poder curador do seu amor, cheio de graça e verdade, somos transformados e moldados à sua imagem, manifestando sua santidade em nós e através de nós.

Descobrindo o Propósito em Cristo

Ao trilharmos esse caminho de fé e transformação, gradualmente desvendamos o verdadeiro sentido da nossa existência em Cristo. Encontramos nossa missão e propósito, vivendo em harmonia com a vontade divina e contribuindo para o seu reino aqui na terra. Autor: Leonardo Pimentel Menin

0 visualização0 comentário

Explore the Collection

I'm a paragraph. Click here to add your own text and edit me.
Let your users get to know you.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.