top of page

Livro, não vim chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento.


Capítulo 02

Por que nós devemos nos arrepender dos nossos pecados? Página 16

E nesse trabalhar perfeito da graça de Deus em nós, nós veremos a manifestação do Espírito Santo nos curando interiormente, nos santificando, avivando e nos levando a verdadeira libertação e arrependimento. E nessa realidade de avivamento e quebrantamento interior, nós veremos que a razão de nos arrependermos de todas as nossas obras mortes diante de Deus, e dos pecados que cometemos conosco e com as pessoas vai servir para nos mostrar que sem a graça de Deus nós não somos nada, e jamais poderemos mudar a nós mesmos. Pois, tudo é uma dádiva de Deus mediante a sua misericórdia e graça que Ele derrama em nós por nos amar de uma tal maneira, e por essa razão quando nos dispormos a fazer a sua vontade e começarmos a andar nos seus caminhos de santidade, nós veremos que Ele começará a nos libertar e nos consagrar para Ele produzindo vida onde antes só existia a morte. Por isso, à medida que a sua glória começar a mudar o contexto e a história das nossas vidas, Ele irá se nos consagrar e separar para Ele para que o trabalhar da sua graça comece a nos conduzir pelos seus caminhos de santidade. Então, quando os nossos olhos espirituais forem abertos e passarmos a viver mais por fé, e não mais pela nossa visão e entendimento humano, nós vamos compreender que somente a graça de Deus nos basta, e que ela é o único caminho para conhecer os caminhos de retidão pelo qual nós devemos andar para conhecermos os seus propósitos e praticarmos a sua vontade em todo o tempo. Autor: Leonardo Pimentel Menin

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page