top of page

Livro 01, Porque Deus amou o mundo de tal maneira...

Capítulo 05 O pecado está a porta, porém nós devemos dominá-lo. Página 43

Sabendo, que também através da autoridade e do poder do nome de Jesus, nós vamos sempre ter sucesso se tão somente estivermos rendidos e quebrantados na sua santa presença. Mas, para que isso aconteça em nossas vidas nós devemos primeiramente compreender pela fé, que devemos vencer os combates e confrontos interiores que temos, para depois usarmos a autoridade e o poder do nome de Jesus sobre tudo e sobre todos. Na certeza, que de que recebemos de Deus através da nossa comunhão em espírito e em verdade com Cristo, toda a autoridade para expulsarmos demônios, curar os doentes, libertar os cativos espirituais e também manifestar a glória de Deus a esse mundo que vive continuamente sobre a influência do pecado e em densas trevas de maldade. Pois, à medida que compreendermos e nos apropriarmos dessa mesma autoridade, então vamos reinar em vida tendo o domínio sobre o pecado dentro e fora de nós. Por essa razão meus amados irmãos em Cristo, aprendam a se render diante da poderosa mão de Deus, e do seu senhorio de glória levando assim cativo a Ele a vossa vida, e deixando ela continuamente sobre o cuidado da sua imensurável graça e amor. Amor esse, que é paciente, sofredor, benigno, cheio de misericórdia e que tem como fundamento a graça e que continuamente nos perdoa e nos constrange levando-nos ao arrependimento e quebrantamento interior. Sabendo que nesse mesmo quebrantamento virá o avivamento, e que através desse avivamento ele produzirá a verdadeira santificação capaz de nos libertar do domínio e da influência do pecado que tanto nos angustia e oprime. Portanto, quando vocês forem orar ao nosso Deus e Pai, vocês devem lembrar sempre que não é por força, ou violência que se entra no reino de Deus, mas sim pela graça e pelo poder do Espírito santo através da fé. Fé essa, que é fruto da nossa união juntamente com Cristo e que por amor esvaziou-se da sua glória para revelar a sua glória e santidade a nós, quando derramou abundantemente a sua graça, quando enviou o Espírito Santo consolador que vive, e viverá em nós por toda a nossa vida. E que é a razão de estarmos crescendo na graça e no conhecimento das realidades insondáveis do amor de Deus a cada momento de nossas vidas.

Autor: Leonardo Pimentel Menin

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Livro 01, Porque Deus amou o mundo de tal maneira...

Capítulo 10 Andando a segunda milha com Cristo Página 100 E nesse retorno ao primeiro amor e santidade, veremos que Deus é um Deus de amor e graça, e que a sua misericórdia que excede todo o nosso

bottom of page