top of page

Livro 01, Porque Deus amou o mundo de tal maneira...

Capítulo 04

Libertos do pecado, para nos tornarmos servos de Cristo.

Página 31 Libertação essa, que é o começo do nosso retorno ao primeiro amor e santidade, pois quando estamos em Cristo e Cristo está em nós, veremos que o verdadeiro avivamento não é ver cegos enxergando, paralíticos andando e mortos ressuscitando. Mas, é a nossa conversão do nosso estilo de vida pecaminoso e iníquo para a verdadeira santidade que irá produzir frutos dignos de arrependimento e que vão nos levar a um relacionamento que agrade a Deus e que nos transforme a cada dia de nossas vidas. Mas, para que isso aconteça temos que entender que vivemos de uma justiça empresta e doada gratuitamente por Cristo, quando Ele por amor a cada um de nós cumpriu toda a justiça de Deus que era impossível para nós, e nos fez assentar nas regiões celestiais com Deus o Pai. Sabendo, que quando estávamos mortos em nossos delitos e pecados, Ele nos deu vida e nos tirou do império das trevas, e nos transportou para o seu reino de glória para podermos realizar a sua vontade através dos recursos perfeitos da sua graça. Pois, quando o Espírito Santo entrou em nós, e hoje habita em nós produzindo a verdadeira santificação e avivamento, para podermos de fato nos arrepender de todos os pecados que nos aprisionam e que nos causam tanta dor e sofrimento. Por essa razão, meus amados irmãos em Cristo o amor de Deus está derramado em nossos corações e a sua glória enche todo o mundo. Para que, a compreensão dele pela fé afaste de nós todos os nossos medos, e assim nos liberte completamente das nossas amarras do passado. Sabendo, que o passado jamais poderá ser mudado, o futuro pertence somente a Deus, e o presente é uma dádiva de Deus para nós. Por isso, devemos viver a cada momento presente com a sua sabedoria divina que é boa, perfeita e agradável e que jamais irá nos acrescentar dores ou qualquer tipo de sofrimento. Pois, essa mesma sabedoria irá sempre nos levar ao verdadeiro avivamento, quebrantamento e arrependimento interior para podermos compreender que a humildade, a simplicidade e a sinceridade para com Ele é o caminho para a salvação eterna, quando colocamos todas as nossas esperanças nos recursos perfeitos da sua graça através da fé.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Livro 01, Porque Deus amou o mundo de tal maneira...

Capítulo 10 Andando a segunda milha com Cristo Página 100 E nesse retorno ao primeiro amor e santidade, veremos que Deus é um Deus de amor e graça, e que a sua misericórdia que excede todo o nosso

bottom of page